Professora Doutora Aura Montenegro Ferrão

(Nascida a 28 de Junho de 1925 em Vila Nova de Poiares, distrito de Coimbra)

 Professora Catedrática Jubilada da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.

BREVE BIOGRAFIA:

Licenciada em Ciências Históricas e Filosóficas (1949) pela Universidade de Coimbra, tendo de seguida optado pela área da Psicologia.Exerceu funções de Técnica do Laboratório de Psicologia Experimental e do Laboratório de Fonética da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1952).

Realizou estágio no Laboratório de Psicologia da Universidade de Milão (1953-1954) e obteve certificados de “Licence” na Université René Descartes, Paris V com Seminário do Rorschach e Seminário de Psicologia (1956).

Foi pioneira em Coimbra da clínica psicológica infanto-juvenil. Neste contexto, instalou e implementou o funcionamento do Dispensário de Saúde Mental, a convite do Centro Psiquiátrico da Zona Centro (1958), tendo aí ficado a exercer funções de psicóloga eventual, a tempo parcial, e também no Instituto de Surdos de Bencanta (até 1982), cujo gabinete de Psicologia desenvolveu a pedido do Prof. Bissaya-Barreto.

Criou igualmente a Consulta de Psicologia do Centro de Invisuais do Loreto (1969-1970).

Como aluna extraordinária das cadeiras e Neurologia e Psiquiatria da Clínica Psiquiátrica da Universidade de Coimbra, aí instalou a rotina do exame psicológico por solicitação do Professor J.A. Correia de Oliveira (Outubro de 1954 a Junho de 1960).

Obteve o título de Doutor em Ciências Humanas – Psicologia, no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo em 1972, com tese sobre Dislexia-Disortografia: Investigação psicopedagógica na escola primária (publicada em 1974, Coimbra Editora).

Foi assistente da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1972) tendo leccionado aulas práticas de diferentes unidades curriculares, incluindo Psicologia Escolar e Medidas Mentais.

Após o 25 de Abril, participou na criação de unidades curriculares da sub-especialidade de Psicologia, da licenciatura em Filosofia regendo as disciplinas de Perturbações das Aprendizagens Escolares, Psicopedagogia das Crianças Diminuídas e Métodos de Exame Psicológico e Psicodiagnóstico.

Prosseguiu a sua carreira académica no Curso Superior de Psicologia a partir do ano lectivo de 1976-1977, transformado em 1980 em Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, apresentando-se a provas públicas de agregação em 1979, sendo provida no lugar de Professora Agregada além do quadro da Faculdade de Letras. Apresentou-se a concurso para Professora Catedrática em 1980, tomou posse em 1982 e foi nomeada a título definitivo e empossada em Setembro de 1983 como Professora Catedrática do 1.º grupo (Psicologia).

No Curso, e depois na Licenciatura de Psicologia (e no Mestrado de Psicologia Pedagógica), introduziu e regeu diferentes disciplinas em diferentes Planos de Estudo que nalguns casos foram objecto de reformulação curricular: Introdução aos Métodos de Observação Psicológica e Métodos de Observação Psicológica (posteriormente agrupadas numa UC anual de Métodos de Observação e Avaliação Psicológica); Psicopedagogia dos Diminuídos; Psicopedagogia dos Inadaptados (posteriormente denominada Psicopedagogia das Crianças e Jovens Inadaptados); Seminário de Reabilitação de Deficientes (posteriormente denominado Seminário de Avaliação Psicológica, Aconselhamento e Reabilitação); Estágio curricular em Saúde Mental Infantil, Desenvolvimento e Reabilitação (posteriormente denominado Estágio de Avaliação Psicológica, Aconselhamento e Reabilitação), no contexto da fundação de duas áreas de estudo, com acesso aos respectivos graus de doutoramento: “Avaliação Psicológica” e “Defectologia e Reabilitação”.

Criou em 1981 o Serviço de Defectologia, aprovado pelo Ministério da Educação (1982). Em 1983 a designação foi alterada para Serviço de Avaliação Psicológica, de Defectologia e Reabilitação, denominação que correspondeu igualmente a um “Ramo” disciplinar (área de especialização). O Serviço de Avaliação Psicológica editou várias publicações na área dos testes (ver publicações da Professora Doutora Aura Montenegro na área da Avaliação Psicológica).

No Centro de Psicopedagogia da Universidade de Coimbra (Unidade financiada pelo INIC/ JNICT) foi responsável pela Linha de Acção Avaliação Psicológica: Estudo de alguns instrumentos (1987-1994)

Foi orientadora das teses de doutoramento de 3 membros do actual PsyAssessmentLab: Mário R. Simões, Cristina P. Albuquerque, Marcelino Pereira.

Cessou actividades docentes na FPCE-UC em Outubro de 1995 (por limite de idade).

PUBLICAÇÕES da Prof.ª Doutora Aura Montenegro (na área da Avaliação Psicológica)

Montenegro, A. (1955). A interpretação psicanalítica do desenho infantil. Objecções à técnica de um caso. Boletim do Instituto de Orientação Profissional, 1, 101-116.
Montenegro, A. (1956). O diagnóstico de nível mental a partir do desenho. Alguns problemas. Biblos, 32, 431-472.
Montenegro, A. (1958). O teste “Tsedek” utilizado como estímulo num estudo de Psicologia Diferencial. Aplicação a estudantes dos dois sexos. Boletim do Instituto de Orientação Profissional, 4(4), 111-148.
Montenegro, A. (1962). Problemas genéricos relativos à exploração do nível mental através de técnicas psicométricas. Boletim do Instituto de Orientação Profissional, 4.ª Série, 63-72.
Montenegro, A. (1963). Subsídio para o estudo do comportamento de crianças de idade pré-escolar na reacção ao psicodiagnóstico de Rorschach. Revista de Psicologia Normal e Patológica, 1-2, 26-37.
Montenegro, A. (1963). O meio interferente no desenvolvimento e caracterização mental. Notas de observação psicológica. Revista de Psicologia Normal e Patológica, 9(3-4), 403-410.
Montenegro, A. (1966). Considérations à propos du Rorschach d’enfants portugais comparé avec d’autres méthodes projectives. Bulletin de la Societé Rorschach et des Méthodes Projectives, Nouvelle Série, 1, 37-42.
Montenegro, A. (1976). Testologia (Ciência dos testes). Algumas linhas de interesse. Revista Portuguesa de Pedagogia, 10, 191-201.
Montenegro, A. (1987). O sistema de cotação integrativa do teste de Rorschach de A. Burstein e S. Loucks. Reportório dos símbolos na adaptação portuguesa. Revista Portuguesa de Pedagogia, 21, 103-117.
Montenegro, A. (1989). Projective techniques and clinical assessment. A special case. Psicologia Clínica, 2, 33-45.
Montenegro, A. (1992). Foreign tests standardized in Portugal in the last three decades. An overview. Psychologica, 8, 185-193.

Colecção Textos de Apoio (edições do Serviço de Avaliação Psicológica)

Montenegro, A. (1982). Normas de avaliação: Teste de desenho da figura humana de F. Goodenough. (Adaptação). 28p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A. (1982). Normas de avaliação: Desenho da figura humana na técnica de Machover, por O.L. van Kolck. (Adaptação). 23p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A. & Caetano, O.F. (1982). Testes ABC Lourenço Filho: Avaliação da maturidade para a leitura e a escrita. 24p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A., & Simões, M. R. (1982). O método das fábulas de L. Düss em consulta psicológica infantil e juvenil. 41p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A. (1982). Teste de Apercepção Temática (TAT). Fundamentos teóricos e análise clássica dum protocolo. 56p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A. (1982). Inventário Multifásico de Personalidade de Minnesota (MMPI). Tradução e adaptação. 29p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A. (1983). Manual abreviado da Escala de Inteligência de Wechsler para Adultos (WAIS). (Adaptação). 67p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).
Montenegro, A., Graça Pinheiro, M. (1984). Manual para cotação integrativa do teste de Rorschach. Sistema Burstein Loucks. (Tradução e adaptação). 57p. Edição do Serviço de Avaliação Psicológica (FPCE-UC).